5/5 a probabilidade estatística do amor a primeira vista

RESENHA: The Statistical Probability Of Love At First Sight - Jennifer E. Smith

17:09 Matheus Abreu

Título Nacional: A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista
Título Original: The Statistical Probability Of Love At First Sight
Autor: Jennifer E. Smith
Editora: Poppy
Páginas: 153 (Kobo)

Avaliação: 
Sinopse:
Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

The Statistical Probability of Love at First Sight é um nome gigante para um livro pequeno e com uma história linda. O livro vai contar as 24h do dia do casamento do pai da Hadley com sua nova madrasta que ela nem sequer conhece. A relação da Hadley com o pai dela é bem difícil desde que ele se mudou para Inglaterra para dar aula e conheceu Charlotte, deixando da mãe de Hadley e isso por consequência abalou a relação dela com seu pai. Quando a Hadley está indo para Inglaterra ela acaba perdendo o avião dela por 4 minutos e por isso tem que esperar até o próximo que vai partir horas depois. Enquanto Hadley espera o próximo avião ela acaba conhecendo o Oliver, um menino inglês que também está indo para um casamento na Inglaterra e eles acabam ficando amigos. Durante a viagem o Oliver descobre que a Hadley é claustrofóbica e nisso ele começa a tentar distrair ela e papo vai, papo vem, eles acabam tendo sentimentos um pelo outro e aí já viu.
He's like a song she can't get out of her head. Hard as she tries, the melody of their meeting runs through her mind on an endless loop, each time as surprisingly sweet as the last, like a lullaby, like a hymn, and she doesn't think she could ever get tired of hearing it.
Apesar de tudo, o livro não é voltado para a história dos dois e sim para a relação da Hadley com o pai dela o que deixa o livro mais real e menos cansativo, já que a história dos dois é um belo clichê de amor à primeira vista e tudo que é demais acaba te deixando farto e felizmente, não é assim com esse livro (me desculpem mas o nome dele é muito grande e eu não vou ficar repetindo toda hora).

Os personagens do livro são incríveis. Eu me apaixonei por todos, desde a mãe da Hadley até a Charlotte. E obviamente, eu me apaixonei mais ainda pelo fofo do Oliver. Ele é tão querido e o jeito que ele cuida da Had é muito fofo, sem contar no sotaque britânico que não há quem resista.
Love is the strangest, most illogical thing in the world.
O livro é narrado em terceira pessoa e às vezes ele acaba ficando meio confuso porque apesar disso, tem partes em que acabamos que é a própria Hadley narrando e temos que ler a frase de novo. Pelo menos eu tive essa sensação lendo ele em inglês. Mas a escrita da Jennifer é muito gostosa e o livro flui como uma torneira aberta. Ela acertou nas medidas de romance e drama então, não tenho objeções a fazer se não a respeito do ponto de vista da narrativa.

O livro já foi lançado no Brasil pela editora Galera e se eu não me engano ele já teve os direitos autorais comprado e ganhará uma adaptação no cinema.
"I'll always come back to you anyway." / "You don't light up" Hadley pointed out, but Dad only smiled. / "I do when I'm with you. 

Espero que todos tenham gostado e até a próxima.
Matheus.

You Might Also Like

13 comentários

  1. Que capa linda ♥
    Eu já conhecia o livro -já li outras resenhas- e a sua ficou SUPER!
    Muito boa...

    Abraços!
    http://umsenhorpalhaco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Você leeeeu! \õ/

    Ah esse livro foi tão tão tão fofinho que eu fiquei querendo mais. Se tiver filme mesmo vai ser lindo. ♥
    Essa capa é tão bonita <333

    Bjs!
    http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Hey
    Adorei a capa internacional.
    A brasileira é bonita, mas a original... adorei!

    Acho a história fofinha, mas lendo a resenha a gente já descobre algumas coisas... creio eu HAHA

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  4. Acabei de ler esse livro, e achei muito bom! Também fiz a resenha desse livro e eu concordo com tudo o que você disse. Pra mim, Hadley e o pai dela foram o destaque do livro, e eu amei isso.

    Abraço
    Fernando Reads

    ResponderExcluir
  5. Tenho muita vontade de ler este livro (inclusive ja tenho ele no kindle) mas nunca rolou dele ser o primeiro da lista! Amei os quotes que você separou!!!

    Abraços,

    Alisson
    http://contandolivros.blogspot.com

    P.S: Adorei seu blog, o layout ta incrível!

    ResponderExcluir
  6. Comprei o livro essa semana. Tenho que terminar alguns antes de lê-lo, mas parece ser muito bom. Ótima resenha! :)

    rascunhosecaprichos.blogspot.com.br
    beeijos

    ResponderExcluir
  7. Amei o livro,é muito fofo eu até fiz a resenha,amei seu blog adorei conhece-lo e já estou seguindo!
    http://teenagersblogofficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Sua resenha ficou ótima Matheus, faz um bom tempo que estou querendo ler este livro, essa capa americana é linda e a brasileira também. Espero ainda ler-lo este ano, só vejo resenhas boas sobre este livro.

    :)

    Abs,
    muchachoonline.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Matheus, nossa infelizmente esse livro não me agradou tanto assim. A maioria das pessoas acham que é birra minha, mas a personagem principal não me agradou muito. Mas fora isso o livro em si é lindo, a história é bastante gostosa de ser lida.
    Essa capa original é muito linda!
    Beijos
    utopiaincessante.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que eu acho que as personagens principais costumam ser tão chatas que quando surge uma menos chata as pessoas se afeiçoam muito a ela e acho que foi isso que aconteceu comigo. Mas não achei ela intragável.
      Beijos.

      Excluir
  10. Olá! Eu adoro o livro e a capa brasileira é super fofa...

    Gostei do blog e já estou seguindo!

    Abraços, Isabela.

    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  11. Geente, a capa dele é muito linda e o enredo então?! Fantástico.
    Estou com muita vontade de ler ele.
    Abraço Lucca.
    Novo post no meu blog, dá uma olhada ^^

    -Palavras Tóxicas-

    palavrastoxicas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Matheus.
    Eu li esse livro na versão brasileira, e adorei a mensagem por trás do romance bem clichê do casalzinho.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir

Formulário de contato