3/5 Antes Que Eu Vá

RESENHA: Antes Que Eu Vá - Lauren Oliver

19:34 Matheus Abreu

Título Nacional: Antes Que Eu Vá
Título Original: Before I Fall
Autor: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Páginas: 360

Avaliação: 
Sinopse:
Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder. ... Em uma noite chuvosa de fevereiro, Sam é morta em um acidente de carro horrível. Mas em vez de se ver em um túnel de luz, ela acorda na sua própria cama, na manhã do mesmo dia. Forçada a viver com os mesmos eventos ela se esforça para alterar o resultado, mas acorda novamente no dia do acidente. O que se segue é a história de uma menina que ao longo dos dias, descobre através de insights desoladores, as conseqüências de cada ação dela. Uma menina que morreu jovem, mas no processo aprende a viver. E que se apaixona um pouco tarde demais.



O livro vai contar sete mesmos dias da vida da Sam. Sam é a típica adolescente popular, malvada, namora o cara mais desejado, é insegura e foi a menina que sofreu bullying na infância. Mais clichê impossível e confesso que isso me irritou bastante no início do livro. Esses sete dias que serão contados são os dias - ou o dia, não sei ao certo - da morte da Sam e isso não é um spoiler. Por algum motivo são dadas sete segundas chances a Sam e morrendo ou não, ela acorda sete vezes no Dia do Cúpido, 12 de fevereiro. No decorrer dos dias Sam vai percebendo em como suas atitudes mudam tudo. Tiveram partes que eu tive nojo mesmo sabendo que talvez eu teria feito o mesmo, mas compensa ver que no final de tudo ela aprendeu alguma coisa e assim são os dias, cada um com sua lição e é bom de acompanhar esse aprendizado da Sam.


Antes Que Eu Vá é o tipo de livro que deve ser lido quando se está em dúvida sobre o que ler. Achei ele meio vago no final e isso me decepcionou um pouco, confesso. Esperava algo mais digno de um final de Delirium ou Pandemonium e isso não aconteceu, o que é uma pena.

Não ficar enrolando vocês; o livro é bem vazio, não vou mentir. Agora lembrando dele eu vejo que não tem nada que se destaque muito. Esperava chorar rios lendo, o que também não aconteceu. No final das contas não é um livro ruim, mas esteja longe de ser um livro ótimo.

Uma coisa que eu achei mal construída foi a forma como a Lauren abordou o que acontece com a Sam. Ela tenta interagir com o leitor, tentando fazer a gente pensar que somos as piores pessoas do mundo e depois disso, o mínimo que se espera é um aqueles tapas na cara que alguns livros te dão, só que o que acontece é apenas um leve peteleco que mal se sente. Antes Que Eu Vá foi um livro que deixou um pouco a desejar para mim e a partir disso, fica uma dica que todos sabem, porém é inevitável: não criem expectativas.

Foi isso, pessoal.
Até a próxima,
Matheus.

You Might Also Like

8 comentários

  1. Sempre confundo esse livro com "Antes de Morrer" da Jenny Downham. Livros que abordam esse tema me chamam atenção, um sofrimento sempre me conquista. Mas acontece que livros assim, ultimamente vem tendo praticamente o mesmo enredo, o torna cansativo para mim.

    Adorei a resenha!
    Beijos
    utopiaincessante.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes Que Eu Vá não iria te conquistar então. Não tem sofrimento algum. Em termos de sofrimento mesmo eu recomendo Looking For Alaska.
      Obrigado.
      Beijos.

      Excluir
  2. Eu não tenho muita vontade de ler esse livro e agora vendo sua resenha acho que não vou perder nada. Finais de livros para mim tem que ser aquela coisa: óóóóh :o sabe? E quando o livro termina fraquinho... sem ter o que esperar dele eu fico muito decepcionada. Acho que o livro não é pra mim. :x

    Bjs!
    http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, não vai perder nada mesmo. Me decepcionei um pouco com a Lauren. Mas amo Delírio e espero que o próximo romance dela, Panic, seja bom também...
      Beijos.

      Excluir
  3. Li a tua resenha e fiquei pensando "Como é o final?". Sou muito curiosa, mas esse livro me deixou meio na dúvida se vale a pena ler. Mas de qualquer jeito eu adorei a tua resenha <3
    Beijos
    needfulglam.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final é tipo... nada acontece cara. Ela ainda diz pra ti imaginar o que vem depois e eu achei isso ridículo.
      Muito obrigado <3

      Excluir
  4. Não estou acreditando no que li na sua resenha, sério que antes que eu vá é assim Matheus, eu amo muito Delírio e deste então eu estou com muita vontade de ler este livro da Lauren, estava com grandes expectativas mas diminuir agora, quero ainda ler-lo.

    abs,
    muchachoonline.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, quem sabe com expectativas pequenas o livro não seja melhor pra você? Eu acho que essa foi o maior problema: as expectativas. Mas leia, não é um tempo jogado fora hehe
      Abraços.

      Excluir

Formulário de contato