5/5 Distopia

RESENHA: Insurgente - Veronica Roth

13:02 Matheus Abreu

Nome: Insurgente
Nome Original: Insurgent
Autora: Veronica Roth
Editora: Rocco
Páginas: 512
Avaliação:  
logo Skoob
Sinopse: Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas. Em Insurgente, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama - e a própria vida – enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor.

PODE CONTER SPOILERS DO PRIMEIRO LIVRO


No segundo volume da trilogia Divergente, de Veronica Roth, após a simulação desastrosa que ocorre no final do primeiro livro, temos Tris e outros sobreviventes não-traidores da Audácia migrando pelas facções Amizade e Franqueza a fim de tentar acabar com a Erudição. Novamente, temos o plot de Escolha e Consequência presente praticamente o livro todo, naquele ritmo delicioso da titia Vê.

O livro começa super light e eu me perguntava "Tá, mas e a Rebelião? Por que tá tudo tão feliz?", porém isso não chegou a ser algo irritante, pelo contrário. Temos cenas bem engraçadas no início do livro como acontece no evento do Soro da Paz (não vou falar mais sobre para não dar spoilers). Tris não está tão chata quanto eu esperava, pois geralmente os personagens tendem a ficar insuportáveis no decorrer das séries, ah, oi Katniss, mas o que irrita nela é a burrice. Tris está fazendo jus a cor do cabelo, só isso que tenho a dizer.

Eu amei o livro a cada página. Ele está incrível e titia Vê fez um trabalho fabuloso. Em muitas partes ele foi aquele tipo de livro que você não quer parar de ler "só mais um capítulo, por favor" e quando vê, você já leu mais uns cinco. O livro tem tanto partes realmente engraçadas quanto algumas cenas de tensão que dão vontade de gritar e a perna fica tremendo de nervosismo.

Sobre o final do livro, sem spoilers, claro, é mindblowing. Eu, como bom KinderOvo que sou, tive que ler as últimas páginas várias e várias vezes e ainda não sei se entendi aquilo direito. O final é revoltante, não por ser ruim, mas por termos um cliffhanger de enlouquecer qualquer Divergente, principalmente por saber que não teremos Allegiant tão cedo. Vocês devem saber que eu tenho um pouco de TOC e não gosto de ter séries com edições diferentes, porém, eu vou ser obrigado a comprar o Allegiant assim que sair e, acho que essa semana, já vou reservar o meu pela Amazon, mesmo que depois eu tenha que comprar Divergent e Insurgent em inglês e Allegiant em português para a coleção ficar bonitinha.

Então é isso, pessoal. Próxima resenha creio que será de A Seleção, de Kiera Cass, que estou lendo no momento.

Até mais,
Matheus.

You Might Also Like

10 comentários

  1. Só a capa e o título chamam bastante atenção.
    Amei sua resenha!!! ^^
    Beijos!!

    inspiracaoentrelinhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah é verdade!
      Muito obrigado hehe
      Beijos,
      Matheus.

      Excluir
  2. Gostei bastante da resenha, apesar de conhecer o primeiro livro (e mesmo do que se trata a história) apenas por alto, já que não o li. Já ouvi/li o pessoal falando coisas muito legais da trilogia, mas não sei, não despertou meu interesse a ponto de lê-la. Nunca digo nunca, até porque logo no lançamento do primeiro eu tive minha fase de estar curiosa em relação à trilogia e tal, mas não acredito que eu vá ler, pelo menos não num futuro próximo.

    Bj, Livro Lab

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra quem é fã de distopias, eu recomendo muito. Sou um fã distópico e poderia ler distopias para sempre haha Mas claro, pessoas que não curtem muito o gênero, provavelmente não gostarão.

      Beijos.

      Excluir
  3. Eu não tenho muito interesse em ler esse livo mas todo mundo que leu falou que gostou e que é muito bom. Eu não gostei muito das capas e acho que e por isso que eu não tenho tanta vontade de ler a trilogia, mas vou tentar comprar e ver se eu gosto. Eu raramente leio livros desse gênero mas estou começando a gostar dele. Acho que eu vou gostar desse livro, mas por enquanto não penso em comprar agora.

    Ah, esses dias eu vi que você gosta de tags e eu te indiquei para a tag Alfabeto Literário, se quiser responder aqui está o link: http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/2013/06/tag-alfabeto-literario.html.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah eu sou apaixonado pelas capas, acho elas perfeitas, principalmente a de Allegiant! Distopia é meu gênero favorito haha amo livros assim e ultimamente tenho priorizado livros distópicos.

      Muuuuito obrigado! Nossa, que amor, mesmo. Eu andei desligado do blog esses últimas, por isso ainda não tinha visto. Responderei-a ainda hoje hehe

      Beijos, Bea! <3

      Excluir
  4. Oi Matheus.
    Eu ainda não li Insurgente, mas espero que eu goste tanto quanto Divergente que fiquei dias repassando a história na cabeça;
    Já estou me remoendo com esse final que você falou, já passei por isso de ter que voltar e ler as últimas páginas, verificando se deixei passar algo, ou se entendi errado.....aiai já vi que vou arrancar os cabelos rsrsrs.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza você vai gostar. O livro é absolutamente incrível e provavelmente você ficará careca com o final do livro! Eu arranquei o pouco de cabelo que me restava hahahahah

      Beijos.

      Excluir
  5. Oii Matheus!
    Eu comecei a ler distopias há pouco tempo, e já estou viciada!
    Divergente e Insurgente são as melhores que li até hoje! Pra mim ganham, inclusive, de Jogos Vorazes!
    Também não vejo a hora de ler Allegiant! E de ver o filme! hehe...
    Beeejo!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comecei a ler distopias logo que lançou o livro de Em Chamas e desde então me apaixonei. Ainda acabei comprando algumas outras sem querer e me apaixonei ainda mais. Ultimamente ando priorizando a compra de livros e leituras do gênero porque acho incrível.
      Sou meio suspeito para dizer se gosto mais de Divergente ou de Jogos Vorazes. Estou comprando agora os exemplares de JV na edição britânica que é linda e assim que eu relê-los, resenharei aqui no blog.

      Excluir

Formulário de contato